quarta-feira, 25 de março de 2015

Quem tem medo de lobo mau?

Bom dia flores do meu dia!!!

Alguém aqui tem medo de lobo mau? Bicho-papão ou Saci Pererê? Aposto que sim! Eu por exemplo morro de medo! E não estou referindo-me exatamente a esses seres que citei, mas à metáfora deles! Sabe aqueles medos absurdos que de vez em quando tomam conta de nossa mente? Eles são como o lobo mau: não existem! Alimentamos uma ansiedade excessiva por algo que está por vir, mas também por coisas que talvez nunca vão acontecer! E essa ansiedade descontrolada nos tortura, amedronta, impede que possamos enxergar com nitidez a realidade. Quando eu era criança morria de medo de ter um bicho debaixo da minha cama ao ir dormir, um bicho fantasmagórico ou um buraco que pudesse me arrastar para a "Caverna dos dragões" e eu nunca mais conseguisse sair de lá, como os personagens do desenho. Mas bastava minha mãe acender a luz e junto comigo olhar debaixo da cama para eu ver que não tinha nada lá. E é isso que precisamos aprender a fazer no nosso dia a dia: acender a luz para enxergar melhor! Acender a luz pode ser respirar fundo e tentar se acalmar. Conversar com alguém a respeito do que está te apavorando pode ajudar, pois falar sobre o que nos causa medo diminui o tamanho do problema, porque na verdade na maioria das vezes o tornamos maior do que ele realmente é. Então, quando falamos com outra pessoa a respeito do assunto talvez ela nos faça ver melhor o que estamos enfrentando, talvez ela consiga acender a luz e nos ajude a perceber que o problema pode nem mesmo existir e estamos apenas fantasiando. Nossa mente é poderosa! Ela é capaz de criar situações, fantasiar a realidade até que comecemos a acreditar que a fantasia é real.
Todos nós sabemos que lobo mau e bicho papão não existem, assim como no fundo sabemos que a maioria das coisas que nos faz sofrer são sem sentido, precisamos é aprender a lidar com isso! 
Da próxima vez que se sentirem angustiados e apavorados com alguma situação, respirem fundo três vezes, conversem com alguém que gostem e que possa ajudá-los, tenho certeza que acabarão percebendo que estavam fazendo tempestade em copo d'água. Desejo que consigam controlar seus medos e seus fantasmas interiores. Todos somos vítimas de coisas que nos atormentam, mas cabe a nós determinar por quanto tempo o sofrimento durará, um minuto, um dia, uma semana ou uma vida inteira!

Um abraço apertado e até a próxima conversa!

Deixe seu comentário usando o facebook!